Acompanhando Interface Ativa!

domingo, 24 de abril de 2011

Epístolas Paulianas

EPÍSTOLAS PAULIANAS 
 CONVERSANDO COM A MINHA AMIGA,
 DONA MIQUELINA, NO PERÍODO PASCAL

Diadema, minha amada cidade, 24 de abril de 2011.

Meu telefone portátil vibrou!!! Preciso dizer quem era?!... Claro que era a minha amiga, a Dona Miquelina (huhum...)!!!

Ela disse-me que como ouviu rumores transmitidos pela sua prestimosa copeira, a Hermenegilda (que ainda continua na condição de “noiva” do bombeiro Godofredo), dando conta que este reles escrevinhador outonal tem a intenção de versar sobre a Páscoa e como sabe que sou incrédulo resolveu dizer-me que não aguenta mais a hipocrisia que impera nas relações sociais, neste período pascali, porque todos externam votos de vida nova, mas nada muda após a Páscoa, porque os pertencentes a espécie Homo Sapiens continuam agindo pautados pela maledicência, inveja, entreveros, arrogância, egoísmo, infâmia...

Apesar destas considerações a Dona Miquelina ainda não perdeu a fé e permanece na condição de beata zelosa... Todas às quartas-feiras vai, à tarde, à Cripta da Catedral da Sé, com o escopo de desfiar o “Santo Rosário”, rogando a intercessão do poderoso Cacique Tibiriça e da Nossa Senhora de Guadalupe, para que tornem seus semelhantes não pautados pelos sentimentos perniciosos supra citados, porque acredita piamente na misericórdia divina e no poder da oração [sic] (coitada da Dona Miquelina, até quando continuará com este viés de explicar o inexplicável através do mito?!...).

Seu garboso e vigoroso marido, o Coronel Epaminondas Albuquerque Pinto Pacca, Comandante de um Batalhão do Corpo de Bombeiros, localizado na cidade de São Paulo-SP, já organizou uma festa para os infantes desvalidos da Vila Brasilândia, onde a minha amiga é voluntária de uma Entidade Assistencial e no sábado de Aleluia, depois de malhar o Deputado Jair Bolsanaro, digo, Judas, entregará ovos de Páscoa para os pequeninos desamparados e terá como auxiliar, o bombeiro Godofredo, que chegará triunfalmente dirigindo um veículo do Batalhão e, ao avistar os petizes, acionará as possantes e roliças mangueiras do veículo, que expelirão jatos de água para cima para o júbilo da gurizada!!!!... É evidente que a copeira Hermenegilda prepará suas imperdíveis e suculentas rosquinhas!!!! Aliás, falando nas rosquinhas da Hermenegilda, o bombeiro Godofredo, nunca, jamais, em tempo algum, se priva delas e quase todos os dias se deleita com elas  reiteradas vezes  e, mesmo assim, está sempre de prontidão para mais rosquinhas...

A ligação foi interrompida de supetão!!!
Por Dionísio, sempre que sou aparelho da Dona Miquelina fico exaurido e, algumas vezes,  desmemoriado, e só recupero minhas reminiscências quando clamo:

Max!!!!!!!!!!!! Traga meus sais centuplicados!!!!!!!!!!

Até breve...

João Paulo de Oliveira
----------------------------------------------------------------------------------
*João Paulo de Oliveira, 58, pertence a uma das mais antigas famílias do Grande ABC, com raízes na Freguesia de São Bernardo. Andreense de nascimento, é professor e leciona na Escola Municipal Anita Catarina Malfatti, em Diadema, na Região do ABC Paulista. Ocupa também o cargo de Coordenador Pedagógico na EMEF Professora Amélia Rodrigues de Oliveira, na Prefeitura de São Paulo. Além de Pedagogo é Mestre em Educação e pós-graduando em História. Especializa-se no estudo da árvore genealógica familiar. Visite seu blog, Celulóide Secreto, Outro viés, em http://joaopauloinquiridor.blogspot.com Contatos com o articulista pelo e-mail professor.ms.joaopaulo@gmail.com
---------------------------------------------------------------------------------

Um comentário:

Cristina disse...

Nivia a epistola do professor continua atualizadissima.. A fornada de rosquinhas não para... nem na Páscoa..É um perigo para quem é diabético.
Esse bombeiro é mesmo muito guloso.. rss
Feliz Páscoa professor JP e modere nas rosquinhas eim?!!
bjosss