Acompanhando Interface Ativa!

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Cena 4


ESTRELA DE UM NOVO DIA


Caros e caras, queridos e queridas, voltei! Aqui, nas Águas Claras em que habito, tudo sereno, tranquilo e transparente! Vocês já sabem, quando há um fato relevante eu apareço para conversar um pouquinho e o último dia do ano é uma data que não pode passar em branco no calendário humano. Mesmo que os humanos passem o ano inteiro desfazendo sua humana condição de seres criados para o bem. Acho que é para isso que os dias existem e se sucedem – para que a flor da vida desabroche uma vez mais e se espalhe, com o vento, o perfume que nos faz renascer e nos reconhecermos como iguais que somos, apesar de todas as diferenças, desinteligências e distâncias. Na verdade, somos um e somos o todo, uma grande estrela brilhante que se divide constantemente e gera milhões de pequenos cristais que cintilam intensamente, no céu da existência. Não podemos viver separados.

O último dia do ano tem uma virtude especial que nos convida à reflexão – não sobre o que de bom fizemos, que isso é praxe, é da obrigação. Mas, sim, sobre o que deixamos de fazer, por preguiça, por desídia, por acomodação, por arrogância. A quantas pessoas magoamos com nossa indiferença, com a nossa ausência, com a nossa falta de tato e de sensibilidade? Quantos amigos deixamos de ouvir porque não encontramos tempo nem ocasião para consolá-los em suas aflições cotidianas? Quantas vezes deixamos de abraçar e acarinhar nossos pais, filhos, irmãos e companheiros porque o ritmo alucinante de nossa jornada não nos permitiu pararmos um instante que proporcionasse aconchego e intimidade, entendimento e partilha?

Eis aí, caros e caras, queridos e queridas, a oportunidade! Uns minutos de meditação, hoje, podem ser preciosos para que amanhã, na aurora do ano novo, numa venturosa e encantadora manhã, fresca, clara e luzidia, nos permitamos um novo recomeço... Somos abençoados por contarmos com mais um dia, com mais um ano, para preenchermos a nossa vida e a dos que nos cercam com o que realmente importa – amor, solidariedade, esperança, trabalho, justiça, paz e harmonia.

Então, estes são os meus presentes de Ano Novo para vocês – amor, solidariedade, esperança, trabalho, justiça, paz e harmonia. São presentes do meu coração de estrela, Strellitziah. Strellitziah K. Dent. Faz algum tempo, um certo compositor fez uma canção para mim. Na verdade, apossei-me dela, porque é linda (ele nem sabe disso...). Hoje, eu a dedico a todos vocês, como um mimo, ao raiar do Ano Novo. É Estrela, de Gilberto Gil:

Há de surgir
Uma estrela no céu
Cada vez que ocê sorrir
Há de apagar
Uma estrela no céu
Cada vez que ocê chorar

O contrário também
Bem que pode acontecer
De uma estrela brilhar
Quando a lágrima cair
Ou então
De uma estrela cadente se jogar
Só pra ver
A flor do seu sorriso se abrir

Hum!
Deus fará
Absurdos
Contanto que a vida
Seja assim
Sim
Um altar
Onde a gente celebre
Tudo o que Ele consentir




4 comentários:

Cristina disse...

Fulgurante Strellitziah K. Dent

Que surpresa maravilhosa você aparecer aqui no último dia de 2010com essa brilhante mensagem para o Ano Novo!
Você é realmente muito iluminada e suas palavras deixam-nos mais otimistas e confiantes no ano que se anuncia.
Fiquei comovida com a mensagem , magnificamente acompanhada com essa linda música do Gilberto Gil.
Querida Nivia Andres, que sorte a sua ter uma amiga como a Strê. Ela é o máximo!
Um Feliz e Brilhante Ano Novo para todos.

Prof Ms João Paulo de Oliveira disse...

Idolatrada Madame Kaufmann!!!!
Que deleite inefável saber que tão magnífica e inigualável criatura etérea, absolutamente do bem, nos deu a graça de vir, com suas poderosíssimas emanações, que irradiam: amor, solidariedade, esperança, trabalho, justiça, paz e harmonia, dando alento a estes seres, que habitam este maltratado e fascinante mundo, onde vivem gemendo e chorando num interminável vale de lágrimas e não conseguem se livrar de pessoas peçonhentas...
Que refrigério saber que a Madame teve a misericórdia de nos visitar no último dia do ano 2010, brindando-nos com uma crônica primorosa, que nos deu vigor para continuar desempenhando as atribuições e atribulações do cotidiano por mais um período de tempo!!!!!...
O que seria das nossas insulsas existências se não tivéssemos a proteção da Madame Strellitziah Kaufmann Dent!!!!!...
Que a deusa da Justiça e da Sabedoria a tenha como pupila sempre!!!!
Calorosas saudações emocionadas e lacrimosas do seu eterno cultuador!!!!...
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP

Prof Ms João Paulo de Oliveira disse...

Estimada jornalista Nivia Andres!
Muitíssimo obrigado por atender de pronto a tarefa que a Madame Kaufmann lhe delegou, dando-lhe espaço no seu imperdível vagão do Expresso do Oriente, onde continuo encantado com o brilho magnífico da sua nobilíssima amiga!!!!!...
Caloroso abraço! Saudações kaufmannianas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP

PS - Meu telefone portátil vibrou!!!!...
Preciso dizer quem era?!...
Claro que era a minha amiga, a Dona Miquelina (huhum)!!!!!...
Ela disse-me que não consegue parar de chorar de emoção, desde o momento que a copeira Hermenegilda imprimiu a supimpa crônica da Madame Kaufmann!!!!... Aproveitou também para comunicá-la que a festa para os infantes desvalidos da Vila Brasilândia foi um sucesso e ficou encantada, porque teve a prerrogativa de conhecer em carne e osso o doce Leon, mas não pode suspirar, como intimamente desejava, porque agora é esposa do Coronel Epaminondas Albuquerque Pinto Pacca!!!!... O bombeiro Godofredo também fez sucesso, porque deixou os pequeninos em estado de frenesi com os jatos d'água expelidos da possante mangueira do veículo da Corporação dos Bombeiros!!!!...
A ligação foi interrompida de supetão!!!...
Max!!!!... Traga meus sais centuplicado!!!!...

Prof Ms João Paulo de Oliveira disse...

Idolatrada Madame Kaufmann!!!!!
Peço-lhe encarecidamente que, no ano de 2011, continue nos dando a graça da sua radiante presença e proteção, aqui neste interminável vale de lágrimas.
Contamos com sua preciosa intercessão para desvelar os atos escusos, que ardentemente desejamos que não seja a tônica, na próxima gestão da Timoneira Mor, que assume daqui a pouco...
Max!!!!!!... Traga meus sais centuplicado!
O que nos espera?!...
Caloroso abraço! Saudações inquietas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP