Acompanhando Interface Ativa!

segunda-feira, 8 de março de 2010

Dia Internacional da Mulher

Tenho certeza de que todas as mulheres do mundo adorariam receber um olhar de admiração, um carinho, um abraço, sem data marcada, sem horário escolhido. Mas admiração, carinho, afago são expressões de sentimento poucos usuais hoje em dia; mais comuns são olhares duros, gestos bruscos, mãos preparadas para o açoite e o castigo, violência que geralmente descamba para o crime.

Não, não sou feminista! Sim, sou jornalista e preciso traduzir em informação real, todos os dias, o que vejo acontecer em muitas partes do mundo, aqui entre nós, inclusive. Ódio, inveja, ciúme, miséria, ignorância, intolerância, sede de dominação fazem do homem um magistrado que julga segundo os critérios que a barbárie impõe. A ausência de valores e a falta de limites causam violência desmedida, produzindo sofrimento e morte.

Lenta, lentamente, este quadro de ignomínia está mudando, pelo simples fato de que as mulheres do mundo não aguentam mais. Milênios de dominação, vilipêndio, humilhação, tortura encontram, agora, resistência firme, determinada, porque o sexo feminino, a muito custo, encontrou o seu ponto de equilíbrio – a dignidade que possibilita escolhas e faz das mulheres donas do seu próprio destino.

A veemência em mostrar esse quadro degradante não me faz cega. Existem, sim, e são muitos - homens que entendem que o seu papel nesse mundo é o de caminhar junto com suas mulheres, lado a lado, compartilhando, convivendo, coabitando, comprazendo, co-lorindo a vida, para que seja experimentada plenamente.

Ah! Sim...Como mulher e profissional, sinto-me abençoada. Amo e sou amada. Respeito e sou respeitada. Admiro e recebo um olhar de admiração todos os dias, bem cedinho. Carinho e afago, também, sem data e hora marcada. Mas não posso deixar de olhar para o lado e desejar, ardentemente, que todas as mulheres do mundo também tenham o mesmo e merecido privilégio.


5 comentários:

Edward de Souza disse...

Nivia, aceite meu abraço afetuoso pelo Dia Internacional da Mulher. Todos os dias são seus, mas este é especialmente para lembrar mais e mais, o quanto você é especial.

Abraços do amigo que lhe admira...

Edward de Souza

Paulo Celso disse...

Felicidades sempre e não só neste dia internacional da mulher, mas também por ele.

Prof Ms João Paulo de Oliveira disse...

Boa noite, prezadíssima articulista Nívia Andres!
Sou um felizardo, porque tenho a prerrogativa de ler seus preciosos e imperdíveis artigos!!!... Como é do seu conhecimento a tenho em alta estima e consideração!!!... Neste Dia Internacional da Mulher não poderia deixar de dizer que a Senhora faz a diferença na vida de muitas pessoas, sejam elas do seu convívio real ou virtual!!!...
Que a deusa da Justiça e da Sabedoria a tenha como pupila sempre!!!!...
Respeitoso abraço!!!!... Saudações paulistas!!!...
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP

Gabriela disse...

Nivia, os ponteiros estão quase se beijando, anunciando um novo dia. Estava louquinha de vontade de vir lhe dar um abraço, mas depois de passar pelo blog do Edward e ler as postagens de vocês, precisei sair. Aqui estou, ainda no nosso dia muito especial lhe deixando um beijo. Você, como extraordinária mulher que é e profissional competente, merece!

Gabriela - Cásper Líbero - SP.

Anônimo disse...

Minha doce Nivia, neste dia da mulher,vc tão especial...acompanho diariamente seu blog e cada vez mais a admiro e me orgulho de ser sua tia e madrinha.Continúe assim...firmr no que escreves Carinhosamente ,Velma