Acompanhando Interface Ativa!

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Precisa explicar?

A charge é um instrumento fantástico de comunicação em que o artista representa a realidade através de imagens e palavras, articulando, harmoniosamente, a linguagem verbal e a não-verbal.

A charge não se limita apenas em ironizar, mas acrescenta ao cômico, criado pela deformação da imagem, um dado singular - a crítica , que pretende levar o leitor a solidificar sua posição acerca de determinado aspecto da realidade, principalmente fatos ou situações políticas.

Aprecio muito a expressão artística de Sponholz, Amarildo, Marco Aurélio, Iotti, Elias, Tiago Recchia, Pancho, Benett e os nossos talentosíssimos conterrâneos Santiago (Neltair Abreu) e Sidnei Garcia, o Sid, do jornal Expresso Ilustrado.

A charge acima é de Tiago Recchia, da Gazeta do Povo, de Curitiba.

Um comentário:

Prof Ms João Paulo de Oliveira disse...

Prezada jornalista Nívia Andres:
Em política tudo é possível... Lembra da infeliz declaração da Marta Suplicy, então candidatada a cadeira paulistana, que disse mais ou menos assim, para o seu concorrente: - Afinal, quem é Gilberto Kassab, ele tem esposa?
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP