Acompanhando Interface Ativa!

sábado, 17 de outubro de 2009

Horário de verão

Horário de verão ou DST (Daylight Saving Time) é a prática de adiantar o relógio em uma hora. O procedimento foi Idealizado por Benjamin Franklin, em 1784, nos Estados Unidos. A intenção de Franklin era aproveitar a luz natural durante os dias mais longos do ano. No entanto, o governo americano não gostou da idéia. O primeiro país a adotar oficialmente o DST foi a Alemanha, durante a Primeira Guerra Mundial.

O objetivo do horário de verão é proporcionar economia do consumo de energia por meio do melhor aproveitamento da luz natural do dia. Assim, a prática reduz a demanda em períodos considerados como “horários de ponta” (das 18 às 21h), onde o consumo é bem maior.

Por meio do aproveitamento da luz natural, se obtém uma redução de 4 a 5% no consumo de energia elétrica, o que faz com que o país não sofra com problemas decorrentes da falta de energia. O DST se inicia no verão pelo fato de a estação ser a mais quente e a que mais provoca o aumento do consumo de eletricidade: refrigeração, condicionamento de ar, ventilação, etc.

O horário é adotado em toda a Europa, na maior parte da América do Norte e Austrália. A medida só funciona nas regiões distantes da linha do Equador, já que nesta estação os dias são mais longos e as noites mais curtas. Nas regiões próximas ao Equador, o horário de verão não traz nenhum benefício, pois os dias e as noites têm duração igual ao longo do ano.

Embora proporcione a redução do consumo, o horário de verão é visto por muitos como algo relativamente desnecessário e prejudicial à saúde, já que altera o relógio biológico das pessoas, provocando uma mudança brusca dos ritmos do organismo humano que, normalmente, estão sincronizados entre si, seguindo uma ordem temporal interna, o ritmo circadiano. O horário de verão (2009/2010) inicia amanhã, 18 de outubro de 2009 e termina no dia 21 de fevereiro de 2010.

Um comentário:

Prof Ms João Paulo de Oliveira disse...

Prezada jornalista Nívia Andres!
Para os valorosos cidadãos, do estado meridional, que a Senhora faz parte, o horário de verão, altera mais ainda o relógio biológico. Sou favorável ao aproveitamento dos recursos naturais, com o escopo da preservação do Meio Ambiente, mas será que vale a pena uma economia diminuta em detrimento do nosso modo de vida?
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP