Acompanhando Interface Ativa!

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Com a mão na poupança

Enfim confirmou-se o boato crescente: informou hoje o ministro Guido Mantega que a partir do próximo ano, quem tiver mais de R$ 50 mil aplicados na caderneta de poupança terá que pagar imposto de renda progressivo. O governo quer evitar a migração de grandes investidores para a poupança, pois isso significaria maior dificuldade para vender títulos e administrar a dívida pública. O imposto progressivo começa com 20%. As demais aplicações financeiras sofrerão este ano uma redução no pagamento de Imposto de Renda. Os fundos pagam, hoje, entre 15% a 22%.

O governo vai enviar ao Congresso projeto de lei nesse sentido - se for aprovado, a regra vale já em 2010.

Nenhum comentário: