Acompanhando Interface Ativa!

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Mendes quer manter direito de resposta

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, defendeu ontem a manutenção do capítulo da Lei de Imprensa que trata sobre o direito de resposta. A continuação do julgamento do pedido de revogação da lei deverá ser retomada no dia 22. Mendes será o último a votar. A previsão era que o assunto voltasse à pauta no dia 15, mas foi adiado devido a compromissos externos que alguns ministros terão no dia.

Como profissional da Imprensa, acho que é imprescindível assegurar o contraditório - prática corrente nas empresas em que atuei, quando estava sob minha responsabilidade a Redação. Mas sabemos que o que interessa às empresas jornalísticas é vender, cada vez mais. Assim, sem norma específica gravada em lei, nem sempre haverá respeito ao contraditório e direito de resposta assegurado.

Um comentário:

YUR disse...

Brilhante. Gosto de ler um blog sério como o Seu. Vc é simpática, inteligente e sabe traduzir essa simpatia e comprometimento com a Verdade na escrita. Lendo-a, comentando esse assunto sobre Direito de Resposta, fiquei imaginando o quao seria feliz o mundo de todos cumprissem as leis. Toda uma polêmica seria evitada. Vc sabe muito bem os nuances do que quero dizer com isso. Parabéns Nívia e perdão pela circustâncias. Talvez algo mude.