Acompanhando Interface Ativa!

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

A noite em que a lua sorriu

O céu “sorriu” para os moradores do Hemisfério Sul nesta segunda-feira à noite, quando Vênus e Júpiter se alinharam sobre a lua crescente formando um rosto sorridente, com Vênus como o olho esquerdo, e Júpiter o direito.
O fenômeno - uma conjunção de Vênus e Júpiter, visível ao pôr do Sol - Júpiter mais alto no céu, na direção do poente. O mais brilhante do par é Vênus, mas a diferença é bem pouca. Aliás, tirando a Lua (e o Sol, claro), Vênus e Júpiter são os objetos mais brilhantes do céu.

O astrônomo Nick Lomb, do Observatório de Sydney, na Austrália, anunciou, antes do fenômeno, que os objetos mais brilhantes do céu noturno iriam aparecer juntos.

A melhor área de observação ocorreu no oeste da Austrália, onde os planetas pareciam estar “mais perto” da lua e pôde ser vista a olho nu, mesmo na cidade.

A última vez que um fenômeno semelhante foi visto no Hemisfério Sul foi há mais de 10 anos, segundo o jornal britânico Daily Mail. O sorriso não deve aparecer de novo no céu até 2036.
Aliás, para quem gosta de Astronomia, há um excelente blog no G1, o Observatório, de Cássio Barbosa, que traz informações simples, claras, em linguagem bem-humorada e imagens lindíssimas do Universo. Vale a pena conferir - http://colunas.g1.com.br/observatoriog1/

Fonte: BBCBrasil

Nenhum comentário: