Acompanhando Interface Ativa!

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Exame de consciência

O governo americano divulgou hoje documento que vale por um exame de consciência, redigido pelo NIC (National Intelligence Council), entidade que coordena as agências de inteligência dos Estados Unidos. As conclusões do estudo não são nada animadoras para os americanos do norte. O Global Trends 2025 prevê que nos próximos 20 anos vai decair o poderio econômico, militar e político dos Estados Unidos no mundo. Documentos dessa natureza são produzidos sempre que há troca de comando na Casa Branca.

Acompanhe as previsões do relatório (nada que já não saibamos de antemão!):

1. A atual crise financeira marca o início de uma grande mudança na economia global;
2. Haverá transferência de renda do Ocidente para o Oriente;
3. O dólar vai definhar;
4. Os EUA continuarão sendo o país mais poderoso do mundo. Mas perderão parte de sua influência para países como China, Índia, Brasil e Irã;
5. Os próximos 20 anos de transição para um novo sistema estão cheios de riscos para os EUA;
6. Até 2025, o mundo pode se tornar um lugar mais perigoso, com menos acesso das populações à comida e água;
7. Com novos pólos de poder, o mundo terá mais conflitos do que na época da Guerra Fria, marcada pela bipolaridade entre EUA e União Soviética;
8. O aquecimento global e a escassez de recursos naturais provocarão guerras no futuro;
9. A disseminação de armas nucleares também deve crescer. Estados vistos como párias e grupos terroristas terão acesso a artefatos nucleares;
10. Para a inteligência americana, a ação dos líderes globais será decisiva para os rumos do planeta.

Enfim, os EUA parecem se dar conta de que vai chegando ao fim a fase em consideravam-se portadores de salvo-conduto para cumprir os desígnios de potência econômica e moral do Universo. Nas ruínas do símbolo da pujança financeira dos EUA, esconde-se a principal novidade deste início do século 21- os conflitos já não são movidos por ideologia, tampouco são guiados por interesses econômicos. Os conflitos futuros opõem civilizações - de um lado, o Ocidente cristão e o seu fundamentalismo financeiro. Do outro, o indecifrável Oriente islâmico e o seu fundamentalismo maometano.

O império entra na fase de reflexão. E os dados contidos no Global Trends 2025 já causam arrepios. Menos mal que abrem portas para os países emergentes, entre eles o Brasil.

Nenhum comentário: