Acompanhando Interface Ativa!

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Living Planet Report adverte que humanos já usam 1,3 do planeta

A humanidade produziu uma bolha de crédito ambiental que já é 30% maior que a capacidade do planeta de fornecer bens e serviços à civilização, de forma sustentável. A denúncia é do Living Planet Report, relatório bianual que mede a chamada "pegada ecológica" da humanidade.

Na natureza, assim como nas finanças, esse tipo de empréstimo sem fundos ou salvaguardas termina em colapso. Sinais detectados são as constantes crises do clima e da biodiversidade, afirmam a ONG WWF e a Sociedade Zoológica de Londres, autoras do relatório.

Preconiza o documento, hoje cada ser humano precisa para viver de 2,7 hectares de área biologicamente produtiva da Terra, incluindo a área agrícola e de florestas necessária para produzir comida, fibras e madeira; os oceanos e rios que fornecem pescado; e a porção de biosfera que absorve os resíduos como o gás carbônico e fornece espaço para cidades e infra-estrutura. Esse total é a pegada ecológica de cada pessoa. A pegada dos brasileiros já é de 2,4 hectares.

Acontece que a área biologicamente produtiva da Terra é de apenas 2,1 hectares por pessoa. A diferença fica por conta do débito ambiental.
Cabe uma pergunta: Com essa terrível crise econômica mundial (marolinha para alguns), como vamos conseguir financiamento para pagar a conta?
Fonte: Blog do Noblat

Nenhum comentário: