Acompanhando Interface Ativa!

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Perda

Perda. Grande perda. Faleceu, hoje pela manhã, o senador amazonense Jefferson Péres (PDT). Um homem notável, íntegro, que viveu e exerceu todos os seus mandatos políticos com decência, competência e dignidade. Nunca cedeu às tentações do poder que era, para ele, apenas um instrumento de luta pelo bem-comum.

A propósito dessa circunstância, lembrei do prefácio do livro Por quem os Sinos Dobram, de Ernest Hemingway, com texto do poeta inglês Jonh Donne:

Nenhum homem é uma ILHA isolada, cada homem é uma
partícula do CONTINENTE, uma parte da TERRA. Se um
TORRÃO é arrastado para o MAR, a EUROPA fica
diminuída, como se fosse um PROMONTÓRIO,
como se fosse o SOLAR dos teus AMIGOS ou
o TEU PRÓPRIO; a MORTE de qualquer homem ME diminui, porque
sou parte do gênero HUMANO.
E por isso não me perguntes
por quem os sinos dobram; eles
dobram
por ti.

Um comentário:

vulmarleite disse...

O Senado ficou muito menor com a morte do Senador Jefferson Peres. Um baluarte da justiça social, da democracia e da ética na gestão pública. A citação de Ernest Hemingway que o homenageia expressa com fidelidade o nosso sentimento de pesar e de tristeza.