Acompanhando Interface Ativa!

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Mesa da Câmara quer auxílio-funeral para parlamentares

A Mesa da Câmara dos Deputados apresentou projeto que institui mais uma verba para os deputados federais, o auxílio-funeral. Assinado pelo presidente da Casa, Arlindo Chinaglia (PT-SP), o projeto coloca sob responsabilidade da Câmara a realização de toda a cerimônia fúnebre, incluindo a compra do caixão, ou destina cota de R$ 16.500,00 para ressarcimento à família dos gastos efetuados. O texto abre ainda a possibilidade de a Câmara bancar as despesas funerárias até mesmo de ex-deputados.
A que ponto chegamos...É muita mordomia para pouca produtividade! Desde o começo do ano, a Câmara só votou um projeto de lei...
Além dos salários, os congressistas recebem uma série de penduricalhos, como auxílio-moradia (até para aqueles que têm casa própria em Brasília), verba para manutenção de escritórios nos estados de origem, cota de combustível indenizável, passagens aéreas e cotas postal e telefônica, além de verba para contratação de assessores. A soma das benesses alcança R$ 100 mil.
Após as reações negativas surgiram as primeiras desculpas do presidente da Câmara, dizendo que assinou sem ler, mas que vai promover alterações no projeto, apresentando nova proposta.

Nenhum comentário: